II Copa Rebelde: conheça mais sobre evento e veja sua programação

ii copa rebelde progr 4definitivo

Segunda edição da Copa Rebelde dos Movimentos Sociais acontecerá nos dias 12 e 13 de abril e conta com proposta alternativa a torneio da Fifa; confira como participar!

O Comitê Popular da Copa de São Paulo, junto de movimentos sociais e coletivos parceiros, está organizando a 2ª edição da Copa Rebelde, um ato político com  torneio de futebol e atividades culturais.

Existem diversas ideias  e ideais em jogo neste “campeonato” rebelde, a começar por sua forma de  organização horizontal e auto-gestionária. Entendemos que “participar”  da Copa Rebelde não significa apenas “aparecer no dia” para jogar bola  ou escutar alguns dos grupos que se apresentarão, mas sim construir  coletivamente este espaço – como for possível para cada um.

Por  isso, convidamos a todas e a todos para somarem nos dois dias de  programação (abaixo) e na próxima reunião no dia 07/04 na Ocupação Maua  às 18h30, onde os times serão sorteados e os arranjos finais,  detalhados.

Mas a Copa Rebelde diz respeito também a uma outra  forma de viver (e ver) o futebol, muito diferente daquela preconizada  pela FIFA, autoridades e empresários. Entre os rios de dinheiros, sangue  (oito pessoas morreram na construção dos estádios da Copa) e de  violações, criamos um futebol rebelde para mostrar que a paixão popular ainda resiste e que pode deixar, de fato, um legado positivoa partir da organização popular.

De  certa forma, a Copa Rebelde mostra que outra Copa do Mundo, popular e organizada de baixo pra cima, seria  possível, e nos faz questionar: o Mundial de 2014, da forma como foi  organizado, é benéfico pra quem?

Faltando  apenas dois meses para a Copa, podemos listar algumas das tantas  violações cometidas em nome do “futebol”: oito trabalhadores morreram durante as obras nos estádios, centenas de milhares de  pessoas foram despejadas de suas casas, trabalhadores ambulantes e  artistas de rua foram impedidos de trabalhar durante o evento,  movimentos sociais e coletivos políticos enfrentam crescente  criminalização, moradores de rua estão sendo brutalmente reprimidos e  retirados das ruas mais turísticas, as grandes arenas construídas não terão espaço para a maior parte dos torcedores brasileiros (afinal, quem consegue pagar ingressos tão  caros?).

Confira fotos da I Copa Rebelde:

 

Em nome da “segurança” da Copa, o Estado investe em um modelo de segurança pública militarizada, a polícia se arma cada  vez mais e novas leis e medidas infra-legais são tomadas; um tribunal de  exceção será implementado durante o Mundial para julgar crimes de forma  expressa e urgente, prejudicando a defesa dos acusados – mas, afinal,  quem serão seus réus? Trabalhadores ambulantes e artistas independentes  que tentarem trabalhar para aproveitar a chegada de milhares de  turistas? Moradores de rua que estarão “atrapalhando” a paisagem das  cidades? Manifestantes e movimentos sociais que procuram denunciar as  injustiças e violações? Ou, como sempre, a população preta, pobre e  periférica?

Na Copa Rebelde, estarão em jogo não uma taça e milhares de oportunidades de negócios, mas o espírito democrático do esporte mais  popular do mundo, construído  aqui pelos pés de ex-escravos, caipiras, indígenas, imigrantes, mestiços e analfabetos.

Não à toa a II Copa Rebelde será realizada, mais uma vez, no espaço da antiga rodoviária de São Paulo, no centro da cidade, que foi, recentemente, demolida para a  construção de mais um templo da elite e cujo processo se encontra  parado. Símbolo da especulação imobiliária e da cidade privada que as elites de São Paulo sonham em terminar de construir, a ocupação deste espaço para um evento público e coletivo tem tudo a ver com o futebol – e o mundo – que queremos.

Como a obra do governo de estado está paralisada e não a reconhecemos como um projeto para população, junto com moradores e frequentadores da região, iremos pensar: qual nossa proposta para aquele espaço?

Convidamos a todas e a todos para construir a II Copa Rebelde conosco!

Dessa vez, o evento acontecerá nos dias 12 e 13 de abril (sábado e domingo, respectivamente).

PROGRAMAÇÃO
* esta programação é prévia e pode ser alterada conforme as decisões da próxima reunião

Se você tem como contribuir com a programação ou quer sugerir novas atividades, todas as ideias são bem-vindas! Escreva para nosso email: coparebelde@gmail.com e/ou compareça na próxima reunião (segunda-feira, dia 07/04, às 18h30 na Ocupação Maua – próxima a est. Luz)

– dia 12/04 (sábado):
9h: início de trabalhos no espaço da antiga rodoviária
–> quem puder, trazer luvas, rastelos e sacos de lixo

COPA REBELDE II DEBATE definitivo
13h:
debate: Centro de SP e Copa do Mundo
processos de elitização do centro de SP
Nelson (Ocupação Mauá) falará sobre situação atual da Ocupação,
que existe há 7 anos e está sendo ameaçada de despejo
Átila (Movimento da População de Rua) falará sobre a situação atual dos moradores de rua em SP
Rubens Adorno (antropólogo, pesquisador cracolândia) vai resgatar a historia do terreno da antiga rodoviaria e seus arredores

14h: samba da resistência (percorrerá ruas do entorno, chamando frequentadores e moradores da região para a Copa)
–> músicos/as, serão muito bem-vindos/as com seus instrumentos!

15h: jogo de abertura da II Copa Rebelde: Comitê Popular da Copa vs Amigos da Barão (vencedores da I Copa Rebelde)

–> o time do Comitê Popular é aberto a todas e todos. Venha preparado/a para jogar!

– dia 13/04

8h30: montagem das barracas e espaços da II Copa Rebelde
–> esse momento será muito importante para todas/os durante todo o dia.

10h: início do torneio
* os jogos começarão pontualmente. Por conta de não termos mais horário de verão e nem iluminação nos campos, os últimos jogos tem de acontecer antes de escurecer.

durante o dia:
14h – apresentação teatral do coletivo Parlendas
16h – apresentação musical Família Rap
além de:
– baterias e fanfarras
– atividades culturais e esportivas para crianças

* Contando com a transmissão ao vivo da Rádio Várzea – sintonize 107.7 FM pra ouvir!

 
Anúncios

4 comentários sobre “II Copa Rebelde: conheça mais sobre evento e veja sua programação

  1. Melhor iniciativa, impossível!
    Parabenizo os organizadores pela ocupação do terreno, incluindo aí todas as justificativas elencadas, que certamente correspondem aos anseios da população local e, ao mesmo tempo, trazem dignidade ao que resultou da demolição da antiga rodô (e também ex-shopping popular).
    Penso que a partir desta II Copa Rebelde, tal como organizada, podemos caminhar para travar de vez (para sempre) a ideia aventada, no mínimo estúpida, de se construir o tal Complexo Cultural Luz (Teatro de Ópera e Dança) no local.
    Considero que, num próximo passo, podemos travar também a construção da nova sede dos Bombeiros (e a demolição da atual), requerendo antes uma discussão mais longa e participante sobre a destinação do terreno, pois seria possível um campo aberto (tal como está hoje) convivendo com os Bombeiros e sua quadra já existente, somando-se a novos espaços construídos para banho público, por exemplo, árvores plantadas em todas as calçadas da quadra, bancos generosos para se sentar e deitar, apreciar e torcer ante as “peladas públicas”, etc.
    Acho que a premissa básica é barrar a especulação e a cobiça imobiliária na região (Luz, Bom Retiro, Santa Ifigênia e Campos Elíseos), reforçando cada vez mais a presença popular no domínio de cada metro quadrado, o que se traduz pela RESIST6ENCIA às formas espúrias de urbanização.
    Já derrubamos o projeto Nova Luz de Serra e Kassab. Já embargamos a PPP da Casa Paulista (aventada para as ZEIS das áreas centrais). Agora é a vez de jogar a última pá de cal no Complexo Cultural Luz.
    A “cidade que queremos” deve ser o resultado da CIDADANIA QUE QUEREMOS e,
    para tanto, temos que trabalhar CONTRA TODA FORMA DE DESRESPEITO, sendo a “palavra chave” a PARTICIPAÇÃO da sociedade civil nas políticas públicas, conforme determina a Constituição Cidadã (1988), o Estatuto da Cidade (2001) e o Plano Diretor de São Paulo (2002).
    Avante com essa COPA REBELDE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s