Arquivo da categoria: Infos

06/07 – IV COPA REBELDE

site_a_ivcoopa

O Comitê Popular da Copa SP convida movimentos sociais, coletivos, organizações e todas as pessoas abaixo e à esquerda para somar na IV Copa Rebelde: por um futebol contra os muros, e sem juiz!

#Vai Ter: liberdade de manifestação, futebol de várzea, torcida rebelde, ambulantes, população de rua, movimentos de moradia, todos os gêneros, passe livre, marcha da maconha, rodas de conversa, rap, forró, sound system, maracatu, fanfarra, performance, teatro, sarau, oficina de camiseta, mídia livre, fogueira e quadrilha junina, brincadeiras com crianças, exposição de fotos, comidas juninas, caldinho e muito mais!

#Não Vai Ter: PM, zona de exclusão, lei geral da FIFA, catracas, grades, higienização, remoção, tarifa, homofobia, machismo, racismo, exploração sexual, futebol-mercadoria, estádio elitizado, corporações patrocinadoras, terrorismo de estado, inquérito ilegal, construtoras, mídia corporativa, empresas de (in)segurança e repressão…

Pedimos a todas as pessoas que somem na organização:
– a partir do sábado faremos um mutirão de limpeza do terreno para deixar nosso legado!
– é tempo de festa junina: traga um prato de comida doce ou salgada para compartilhar!
– Também convidamos movimentos, coletivos e organizações para somar nas atividades paralelas ao futebol, apresentar seu rolê e aproximar as lutas da cidade! tragam suas bandeiras, panfletos e o que mais quiser pra formar a torcida rebelde!
– Serviremos sopa/caldo como alimentação. LEVEM CANECAS!
– Levem cadeiras, panos e outros objetos para sentar e se acomodar. Toda a infraestrutura do terreno depende do esforço coletivo!
– Levem faixas, panos e bandeiras para decorar os alambrados e paredes, além de passar as mensagens das diversas lutas.são bem vindas para decoração dos alambrados!

PARTICIPE! Confirme presença e convide seus amigos: https://www.facebook.com/events/718601578220830/

Quando? domingo 06 de julho, das 09h as 21h
Onde? Na Av. Duque de Caxias, n.907 – terreno da antiga rodoviária – Luz
Por que? Por um futebol contra os muros, sem barreiras nem impedimentos!

III COPA REBELDE NA MARGINAL

PROGRAMAÇÃO

Sábado – dia 05/07
O terreno onde realizamos a Copa é do governo do estado e está literalmente abandonado, gerando muito acúmulo de lixo. Então, no sábado, em dois turnos (pela manhã e pela tarde), estaremos lá limpando o terreno.

às 9h: limpeza do terreno (primeiro grupo)
às 14h: limpeza do terreno (segundo grupo)

Acreditamos que essa tarefa deva ser compartilhada por TODAS as equipes, então, por favor, compareçam! Levem luvas, sacos de lixo e outras ferramentas de limpeza!

Domingo – dia 06/07
9 – 12h: inscrições dos times e jogos nas duas quadras

12h: fim das inscrições de times

14h: fim da primeira fase
+ intervenção Parque Augusta

14h20: debate sobre espaço da Antiga Rodoviária
+ início da pelada na segunda quadra

15h: roda de conversa sobre feminismo, genero e futebol

15h40: apresentação das crianças

16h: início da 2ª fase da Copa Rebelde
+ show do grupo de rap Influência Positiva

16h30: show da MC Luana Hansen17h: show do MC Rafael + microfone aberto

18h: fim dos jogos da Copa Rebelde

18h – 19h: sarau A Voz do Povo

19h: formação de quadrilha
+ festa junina
+ forró

Outras atividades
– oficina de malabares
– ensaio aberto Fanfarra do Mal
– atividades com crianças
– musica
– exposição de fotos
– show dos Loco Original Rapers
– brincadeiras juninas

coparebelde2-58

Regras e orientações pra quem vai jogar:

Primeira Fase
– Das 10h às 14h.
– Os dois primeiros times que chegarem em cada quadra começam a jogar. Os seguintes entram na fila de próximo.
– Jogos de 10min ou 2 gols. Quem PERDE fica na quadra, sendo que se perder duas vezes seguidas sai da quadra e volta pro fim da fila. Quem ganha vai pro fim da fila de próximo pra jogar de novo.
– Empate: saem os dois times da quadra.
– Os 8 primeiros times que conseguirem ganhar 3 jogos se classificam pra fase final. Depois de ganhar 3 jogos, eles NÃO ENTRAM MAIS na fila de próximo e aguardam pra jogar apenas na fase final.
– Se der 14h e não tivermos 8 times com 3 vitórias, as vagas restantes pra completar os 8 classificados serão dos times que tiverem as melhores campanhas (provavelmente serão times com 2 vitórias).
– Às 14h, a quadra principal DEIXA de ter jogos. Na outra quadra, os times que não se classificaram pra fase final e querem continuar jogando terão a quadra livre pra isso.
– Na quadra principal, das 14h às 17h, teremos outras atividades.

Fase Final (eliminatórias):
– Das 16h às 17h30, utilizando AS DUAS quadras.
– Eliminatórias simples: quartas de final, semifinal e final.
– Confrontos decididos POR SORTEIO.
– Jogos de 10min. Empate: pênaltis.

Orientações:
– Os times terão 5 jogadores de linha e 1 goleiro, mais quantos reservas quiserem.
– Chegue cedo! Entre 10h e 12h APENAS, será aceita inscrição de times que não se inscreveram antecipadamente.
– Laterais cobrados com OS PÉS.
– Tentem combinar uma cor de camisa para o time, para facilitar a identificação na hora do jogo.
– Os jogos serão SEM JUIZ, a não ser que uma das equipes solicite. Ou seja, se um time chamar a falta, vai ser falta. Nesse caso, SERÁ PAPEL DA EQUIPE QUE ESTIVER DE PRÓXIMO ARBITRAR A PARTIDA. Na fase final, será papel das DUAS equipes que estiverem de próximo.
– Confusões causarão a paralisação do jogo para conversa e acordo. Agressões físicas causarão o convite para se retirar do campeonato, tanto ao agressor quanto à equipe, caso esta não admita a agressão e não se proponha a acalmar os ânimos. E ressaltamos: na Copa Rebelde, demonstrações de machismo, homo/lesbo/transfobia ou racismo são consideradas faltas graves.
– Reforçamos o pedido para todos os times levarem um troféu, que simbolize o time/movimento que representa. Os troféus serão trocados entre todos/as!
– Quem puder, leve BOLAS também!
– Lembramos que NÃO PODE jogar de chuteira de travas altas (chuteira de campo). Sugerimos que, para prevenir lesões, joguem de chuteira de futebol society, com as travas baixas, mas quem quiser jogar com outro calçado, tudo bem!
– Convidamos todos os times também a trazerem faixas, panos e bandeiras para decorar os alambrados e paredes, além de passar as mensagens das diversas lutas.
– Reforçamos o pedido pra que todos os times sejam mistos! E por mistos, compreendam todo tipo de corpo, orientação sexual e idade. A Copa Rebelde é pra todas as pessoas, e quem não souber/quiser compartilhar essa ideia será convidado/a a se retirar. Portanto, SEM MACHISMO, SEM HOMO/LESBO/TRANSFOBIA, SEM RACISMO, SEM DISCRIMINAÇÃO NENHUMA!

19/06 – NÃO VAI TER TARIFA + COPA REBELDE

nvttarifa

Ao lado do Movimento Passe Livre e no dia de comemoração da derrubada dos 20 centavos, vamos caminhar da Paulista até a Marginal Pinheiros, onde vamos fazer juntos uma grande festa junina popular!

SE A COPA É DOS RICOS, A CIDADE É NOSSA! E vai ter muita luta, sim!

Pode levar a churrasqueira e o som, porque vai ter churrascão com toda a gente diferenciada. Vai ser o nosso rolezinho na Marginal, com música, futebol e muita catraca pegando fogo, já que junho é o mês de pular fogueira! Ambulantes são bem vindos (ao contrário de outras “festas” por aí)!

E ainda vai rolar mais uma edição da COPA REBELDE na MARGINAL OCUPADA!

QUINTA | 19.06 | 15H | PRAÇA DO CICLISTA

Tabela de jogos e recomendações para a II Copa Rebelde

Neste final de semana acontece a segunda edição da Copa Rebelde dos Movimentos Sociais! Confira abaixo a Tabela de Jogos recém-saída do forno e algumas recomendações:


Recomendações a todas e todos
o terreno é completamente aberto e sem infraestrutura, por isso pedimos que levem:
– água
– comida (inclusive pra vender, se desejarem)
– cangas e almofadas pra sentar
– lonas, barracas, cadeiras e mesas de plástico para se proteger do sol
– levem também bandeiras e faixas pra enfeitar o alambrado que cerca o terreno!
* ps: os bares da região estarão abertos


Recomendações para @s jogadores e times
– os times terão 5 jogadores na linha e 1 no gol. As equipes podem ter quantos jogadores/as quiserem pra revezar.

– laterais serão sempre cobrados com os pés – os jogos terão 10 minutos de duração, sem intervalo.

– o jogo das 10h tem tolerância de 10 minutos de atraso, o time que não se apresentar a tempo perderá por W.O.

– é desaconselhável jogar descalço/a por conta das pedrinhas no terreno; ao mesmo tempo, está VETADO o uso de chuteiras de campo com travas.
# recomendamos o uso de chuteira de futebol 7 society ou de futsal, ou então qualquer tênis comum.

– tod@s que puderem, levem BOLAS de futebol 7 society ou de campo

TODAS AS EQUIPES participantes devem levar um troféu (que pode ser qualquer objeto que represente a equipe ou movimento social a que pertencem, incluindo camiseta) para trocar com outra equipe do torneio.

– Os times que ajudarem com a limpeza do campo no sábado ganham UM PONTO na tabela.

* lembrando que: os jogos não terão JUIZ, mas caso dois times que estejam se enfrentando achem que o juiz se faz necessário, podem convidar alguém para fazer essa função. Brigas, agressões e excesso de competitividade não serão tolerados, e os responsáveis por qualquer confusão serão convidados a se retirar do campeonato.

II Copa Rebelde: conheça mais sobre evento e veja sua programação

ii copa rebelde progr 4definitivo

Segunda edição da Copa Rebelde dos Movimentos Sociais acontecerá nos dias 12 e 13 de abril e conta com proposta alternativa a torneio da Fifa; confira como participar!

O Comitê Popular da Copa de São Paulo, junto de movimentos sociais e coletivos parceiros, está organizando a 2ª edição da Copa Rebelde, um ato político com  torneio de futebol e atividades culturais.

Existem diversas ideias  e ideais em jogo neste “campeonato” rebelde, a começar por sua forma de  organização horizontal e auto-gestionária. Entendemos que “participar”  da Copa Rebelde não significa apenas “aparecer no dia” para jogar bola  ou escutar alguns dos grupos que se apresentarão, mas sim construir  coletivamente este espaço – como for possível para cada um.

Por  isso, convidamos a todas e a todos para somarem nos dois dias de  programação (abaixo) e na próxima reunião no dia 07/04 na Ocupação Maua  às 18h30, onde os times serão sorteados e os arranjos finais,  detalhados.

Mas a Copa Rebelde diz respeito também a uma outra  forma de viver (e ver) o futebol, muito diferente daquela preconizada  pela FIFA, autoridades e empresários. Entre os rios de dinheiros, sangue  (oito pessoas morreram na construção dos estádios da Copa) e de  violações, criamos um futebol rebelde para mostrar que a paixão popular ainda resiste e que pode deixar, de fato, um legado positivoa partir da organização popular.

De  certa forma, a Copa Rebelde mostra que outra Copa do Mundo, popular e organizada de baixo pra cima, seria  possível, e nos faz questionar: o Mundial de 2014, da forma como foi  organizado, é benéfico pra quem?

Faltando  apenas dois meses para a Copa, podemos listar algumas das tantas  violações cometidas em nome do “futebol”: oito trabalhadores morreram durante as obras nos estádios, centenas de milhares de  pessoas foram despejadas de suas casas, trabalhadores ambulantes e  artistas de rua foram impedidos de trabalhar durante o evento,  movimentos sociais e coletivos políticos enfrentam crescente  criminalização, moradores de rua estão sendo brutalmente reprimidos e  retirados das ruas mais turísticas, as grandes arenas construídas não terão espaço para a maior parte dos torcedores brasileiros (afinal, quem consegue pagar ingressos tão  caros?).

Confira fotos da I Copa Rebelde:

 

Em nome da “segurança” da Copa, o Estado investe em um modelo de segurança pública militarizada, a polícia se arma cada  vez mais e novas leis e medidas infra-legais são tomadas; um tribunal de  exceção será implementado durante o Mundial para julgar crimes de forma  expressa e urgente, prejudicando a defesa dos acusados – mas, afinal,  quem serão seus réus? Trabalhadores ambulantes e artistas independentes  que tentarem trabalhar para aproveitar a chegada de milhares de  turistas? Moradores de rua que estarão “atrapalhando” a paisagem das  cidades? Manifestantes e movimentos sociais que procuram denunciar as  injustiças e violações? Ou, como sempre, a população preta, pobre e  periférica?

Na Copa Rebelde, estarão em jogo não uma taça e milhares de oportunidades de negócios, mas o espírito democrático do esporte mais  popular do mundo, construído  aqui pelos pés de ex-escravos, caipiras, indígenas, imigrantes, mestiços e analfabetos.

Não à toa a II Copa Rebelde será realizada, mais uma vez, no espaço da antiga rodoviária de São Paulo, no centro da cidade, que foi, recentemente, demolida para a  construção de mais um templo da elite e cujo processo se encontra  parado. Símbolo da especulação imobiliária e da cidade privada que as elites de São Paulo sonham em terminar de construir, a ocupação deste espaço para um evento público e coletivo tem tudo a ver com o futebol – e o mundo – que queremos.

Como a obra do governo de estado está paralisada e não a reconhecemos como um projeto para população, junto com moradores e frequentadores da região, iremos pensar: qual nossa proposta para aquele espaço?

Convidamos a todas e a todos para construir a II Copa Rebelde conosco!

Dessa vez, o evento acontecerá nos dias 12 e 13 de abril (sábado e domingo, respectivamente).

PROGRAMAÇÃO
* esta programação é prévia e pode ser alterada conforme as decisões da próxima reunião

Se você tem como contribuir com a programação ou quer sugerir novas atividades, todas as ideias são bem-vindas! Escreva para nosso email: coparebelde@gmail.com e/ou compareça na próxima reunião (segunda-feira, dia 07/04, às 18h30 na Ocupação Maua – próxima a est. Luz)

– dia 12/04 (sábado):
9h: início de trabalhos no espaço da antiga rodoviária
–> quem puder, trazer luvas, rastelos e sacos de lixo

COPA REBELDE II DEBATE definitivo
13h:
debate: Centro de SP e Copa do Mundo
processos de elitização do centro de SP
Nelson (Ocupação Mauá) falará sobre situação atual da Ocupação,
que existe há 7 anos e está sendo ameaçada de despejo
Átila (Movimento da População de Rua) falará sobre a situação atual dos moradores de rua em SP
Rubens Adorno (antropólogo, pesquisador cracolândia) vai resgatar a historia do terreno da antiga rodoviaria e seus arredores

14h: samba da resistência (percorrerá ruas do entorno, chamando frequentadores e moradores da região para a Copa)
–> músicos/as, serão muito bem-vindos/as com seus instrumentos!

15h: jogo de abertura da II Copa Rebelde: Comitê Popular da Copa vs Amigos da Barão (vencedores da I Copa Rebelde)

–> o time do Comitê Popular é aberto a todas e todos. Venha preparado/a para jogar!

– dia 13/04

8h30: montagem das barracas e espaços da II Copa Rebelde
–> esse momento será muito importante para todas/os durante todo o dia.

10h: início do torneio
* os jogos começarão pontualmente. Por conta de não termos mais horário de verão e nem iluminação nos campos, os últimos jogos tem de acontecer antes de escurecer.

durante o dia:
14h – apresentação teatral do coletivo Parlendas
16h – apresentação musical Família Rap
além de:
– baterias e fanfarras
– atividades culturais e esportivas para crianças

* Contando com a transmissão ao vivo da Rádio Várzea – sintonize 107.7 FM pra ouvir!

 

ONDE?

copa-rebelde-campo
Crédito: Sérgio Silva

A IV Copa Rebelde dos Movimentos Sociais será realizada no mesmo espaço da primeira e segunda edições, a antiga Rodoviária da Luz, no centro da cidade, demolida para a construção de mais uma obra gentrificante e cujo processo se encontra embargado na justiça. Recentemente, o governo do Estado anunciou a desistência da construção desta obra.

No local, há dois pares de traves, instalados pela comunidade do bairro, permitindo o uso do espaço para fins populares. Além dos dois campos a serem utilizados para o torneio, teremos também um terceiro campo, de uso livre. Quem quiser jogar, é só aparecer!

Há ainda espaço para montar banquinhas com material dos movimentos interessados, além de um alambrado para estender faixas e bandeiras.

Tragam as suas!

PS.: Por conta da falta de estrutura do local, pedimos a todos que tragam água. Estabelecemos um acordo com alguns comércios e ocupações da região para o uso de banheiros.

Quaisquer dúvidas, nos envie clicando aqui.

Programação, tabela e recomendações

A I Copa Rebelde dos Movimentos Sociais está chegando… confira a programação, a tabela de jogos e nossas recomendações:

Tabela de Jogos

* lembrando que: os jogos não terão JUIZ, mas caso dois times que estejam se enfrentando achem que o juiz se faz necessário, podem convidar alguém para fazer essa função. Brigas, agressões e excesso de competitividade não serão tolerados, e os responsáveis por qualquer confusão serão convidados a se retirar do campeonato.

tabela jogos rebelde

Programação

I copa rebelde_programação

10h – abertura com cia de teatro parlendas

14h – aula pública com o prof. Flávio de Campos (USP/Ludens)

18h – encerramento com Mohamed Antar, rapper palestino vindo diretamente da Faixa de Gaza

– ao longo do dia:
# intervenções artísticas
# fanfarra do MAL
# baterias diversas
# música com a Rádio Várzea Livre (que narrará os jogos)
# falas de movimentos e coletivos
# que cidade queremos? debate-bola sobre o espaço da antiga rodoviária, com a participação de jornalistas do projeto Arquitetura da Gentrificação

Recomendações a todas e todos

o terreno é completamente aberto e sem infraestrutura, por isso pedimos que levem:
– água
– comida (inclusive pra vender, se desejarem)
– cangas e almofadas pra sentar
– lonas, barracas, cadeiras e mesas de plástico para se proteger do sol
– modem 3G para emprestar, para transmissão ao vivo do torneio
– levem também bandeiras e faixas pra enfeitar o alambrado que cerca o terreno!
* ps: os bares da região estarão abertos

Recomendações para @s jogadores e times

– de acordo com o time que joga no campo (Amigos da Barão), é desaconselhável jogar descalço/a por conta das pedrinhas no terreno; ao mesmo tempo, está VETADO o uso de chuteiras de campo com travas.
# recomendamos o uso de chuteira de futebol 7 society ou de futsal, ou então qualquer tênis comum.

– pelo tamanho do campo, chegamos à conclusão de que os times terão 5 jogadores na linha e 1 no gol. As equipes podem ter quantos jogadores/as quiserem pra revezar.

– os jogos terão 10 minutos de duração, sem intervalo. É importantíssimo, dado o tempo contado, que os times estejam a postos pra jogar do lado de fora da quadra já no jogo anterior ao seu, pois atrasados comprometem todo o torneio.

– tod@s que puderem, levem BOLAS de futebol 7 society ou de campo

– todas as equipes estão convidadas a levar um troféu (que pode ser qualquer objeto que represente a equipe ou movimento social a que pertencem, incluindo camiseta) para trocar com outra equipe do torneio.